Como usar o celular para estudar

Como usar o celular para estudar?

O mundo virtual é tão grande que hoje a internet chega em aparelhos que nós nem imaginávamos serem capazes de possuir conexão: geladeiras, televisores, relógios…e celulares.

Mais do que um meio de comunicação e entretenimento, é possível usar o smartphone como forma de se empoderar profissionalmente e conhecer novos pontos de vista, como complemento à educação formal. Ainda não descobri um jeito de utilizar uma smart torradeira para subir de cargo no trabalho, mas acho que posso responder essa pergunta: como usar o celular para estudar?

Permita-me antes utilizar minha carreira como exemplo: trabalho desde os 17 anos com tecnologia. Conquistei meu primeiro emprego depois de mostrar ao chefe o meu antigo blog de livros durante a entrevista.

Hoje uso parte do meu tempo online para fazer cursos, ler livros e estudar para a faculdade, sabendo que esse é um dos melhores investimentos que posso fazer.

A internet democratizou o conhecimento como nenhum outro sistema. Vale ressaltar que apenas 63% dos domicílios possuem acesso a internet no Brasil, criando um abismo entre pessoas conectadas e não conectadas. É um número que está crescendo e espero que um dia a internet seja acessível e universal de fato.

Direto ao ponto: como usar o celular para estudar?

Mais do que pesquisas em navegadores, a porta de entrada para o conhecimento na web são os aplicativos. Durante os estudos, dois tipos de apps podem ser úteis: os de organização e os de conteúdo.

Para organização, recomendo utilizar os três apps abaixo:

  • Keep do Google: o app de listas mais simples que já usei. Com ele, uso tags para dividir minhas áreas de conhecimento e checklists de matérias que estudo. Classifico as labels assim:
Keep
Minhas classificações no Keep.

Dentro de “Acadêmico”, uso os cards do Keep para manter os questionamentos das matérias que estudo na faculdade e respondo-os nas seções correspondentes. Com bastante frequência revejo minhas respostas antigas, comparando-as com as novas para verificar o meu desempenho. É um excelente exercício de escrita!

 

  • Calendar do Google: é minha agenda oficial. Nela, coloco todas as datas de provas, cursos que planejo fazer, informações de trabalhos a entregar, etc. Além de aproveitar o calendar para minha vida acadêmica, uso ele para gerenciar datas importantes em outros âmbitos da minha vida, centralizando tudo o que diz respeito a compromisso no mesmo app.
Calendar
Meu calendar, com compromissos acadêmicos, profissionais e do blog.

 

  • Keeva: No Keeva eu reúno meus arquivos em uma busca salva chamada “Coisas da facu”. Lá fica todo o conteúdo que produzo para a faculdade: trabalhos, artigos, textos, resumos, etc. É basicamente meu acervo pessoal pesquisável.

meu Keeva

Falar de apps voltados para o conhecimento é muito difícil porque provavelmente existem aplicativos diferentes para cada área possível. Dos que utilizo, 2 podem ser usados de forma multidisciplinar:

  • Kindle da amazon: Mesmo que você não queira investir em e-books pagos, dá pra pesquisar e aprender muita coisa dos livros gratuitos do acervo, que é gigante inclusive no português. De obras independentes à grandes clássicos, vale à pena dar uma conferida!
Kindle
Meu Kindle

Dessa vez vou trapacear não colocando um aplicativo, mas uma categoria de aplicativos. Presente tanto no App Store da Apple quanto no Play Store da Google, é lá que você vai encontrar os aplicativos mais interessantes dos mais diversos tipos de conhecimento. Divirta-se!

Play Store

Você tem alguma dica de como usar o celular para estudar? Manda pra mim pelo twitter ou instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *